CLIMA
PRECIPITAÇÃO TOTAL (ERA5)
Cunene 41,1 mm
Huíla 83,1 mm
Namibe 35,6 mm
Abr 2022
SOLO
ÍNDICE ÁGUA NO SOLO
Cunene 12,4 %
Huíla 22,5 %
Namibe 8,4 %
Abr 2022
VEGETAÇÃO
ÍNDICE SAÚDE DA VEGETAÇÃO
Cunene 62,4
Huíla 54,8
Namibe 34,3
14 Mai 2022

DESTAQUE

Ínicio da época chuvosa - monitorizar a precipitação

Com inicio da época das chuvas na região, os dados da monitorização da precipitação e indicadores agro-climáticos associados são, informação vital, para o desenvolvimento do setor agricola e de segurança alimentar nas provincias do Sul de Angola. Através desta plataforma informática é possivel visualizar e descarregar os dados obtidos através dos programas de observação meteorológica bem como de modelação numérica.

saber mais >>

Objectivos da Plataforma de Monitorização Agro-climática

Reforçar o conhecimento da climatologia na região sul de Angola

Monitorizar a variabilidade dos indicadores agro-climáticos nas províncias do Cunene, Huíla e Namibe, e municípios respectivos

Disponibilizar dados agro-climáticos para utilização pelo Sistema de Informação, Monitoria e Alerta Rápido para a Segurança Alimentar e Nutricional

Capacitar os técnicos do INAMET e DSA na gestão de dados de monitorização agro-climáticos

SOBRE INAMET Fonte de dados

VARIÁVEIS E INDICADORES AGRO-CLIMÁTICOS

ERA5 COPERNICUS CLIMATE CHANGE SERVICE (C35)
LANDSAF EUMETSAT
NOAA/NESDIS
MODELO DE ANÁLISE DO ECMWF

SABER MAIS

Boletins mensais


Serra da Leba, Bibala, Namibe Serra da Leba, Bibala, Namibe

Boletim mensal / Abril 2022

O mês de Abril de 2022, foi caracterizado por temperatura média do ar acima do normal, nas províncias do Namibe (com anomalia de 0,6 ºC), Huíla (com anomalia de 0,9 ºC) e na província do Cunene (com anomalia de 0,8ºC).

Em relação aos valores médios da quantidade de precipitação, registaram-se valores abaixo do normal mensal para o período 1981-2010, na província do Namibe e valores acima do normal nas províncias do Cunene e Huíla. Os valores de percentagem de precipitação em Abril de 2022, em relação ao valor médio, foram de 82% no Namibe, 127% na Huíla e 116% na província do Cunene. Ainda assim, o valor médio da quantidade de precipitação acumulada no presente ano hidrológico 2021/2022, desde 1 de outubro a 30 de Abril de 2022, é inferior ao valor normal nas 3 províncias.

Os valores de humidade no solo, em termos médios, apresentaram valores iguais ao mês anterior na província do Namibe (inferior a 10%) e Huíla (entre 21 e 40%). Na província do Cunene, os valores, em termos médios agravaram-se em relação ao mês anterior, com intervalo entre 11 e 20%. Destaca-se que, na província do Cunene, os municípios do Curoca e Cahama, encontram-se em ponto de emurchecimento permanente (inferior a 1%), o município de Ombadja com valor inferior a 10 % e nos restantes municípios os valores são superiores a 10%. Na província da Huíla, destacam-se os municípios de Chibia e Gambos, que se encontram em ponto de emurchecimento permanente (inferior a 1%), os municípios de Quipungo e Lubango com valores inferiores a 10%, os municípios da Matala, Chicomba, Caluquembe, Humpata e Cacula com valores que variam entre 11 e 20% e, nos restantes municípios, os valores são superiores a 20%. Na província do Namibe, todos os municípios têm valores inferiores a 10 %, exceto o município do Tômbwa, cujos valores variam entre 11 e 20%.

O Índice de Saúde da Vegetação (VHI) resulta da composição de 2 sub-índices: o VCI (indicador das condições de humidade do solo) e o TCI (indicador da componente térmica). Ao longo do mês de Abril de 2022, o VHI apresentou valores que indicam, na primeira quinzena do mês, um desagravamento do estado de saúde da vegetação na província do Namibe, seguido de um agravamento na segunda quinzena. Nas províncias do Cunene e Huíla, ao longo do mês, observou-se uma ligeira melhoria das condições de saúde da vegetação.

25 de Maio de 2022 às 09:25

saber mais

Inamet

Instituto Nacional de Meteorologia

Tel: (+244) 944 584 686

Fax: (+244) 922 727 122

Rua 21 de Janeiro, Rotunda do Gamek à Direita, S/N-RC Luanda, Angola

IPMA

Instituto Português do Mar e da Atmosfera

Tel: (+351) 218 447 000

Fax: (+351) 218 402 468

Rua C do Aeroporto 1749 - 077 Lisboa, Portugal

Camões, I.P.

Instituto da Cooperação e da Língua

Tel: (+351) 213 109 100

Fax: (+351) 213 143 987

Rua Rodrigues Sampaio, 113 1150 - 279 Lisboa, Portugal